Série Entendendo os Dados Econômicos: Política Monetária é mais simples do que imaginamos

Política Monetária é um conjunto de ações, geralmente tomadas pelos Bancos Centrais, para controlar a demanda por moeda em circulação e, consequentemente, a inflação.

Como assim?

Vamos supor que a economia brasileira esteja se recuperando de uma crise. A indústria aumenta a produção e contrata mais trabalhadores. Com isso, o comércio começa a vender seus produtos, diminuindo seus estoques. As pessoas, agora empregadas, passam a consumir mais e comprar aqueles produtos que antes estavam parados na prateleira. Toda essa circulação maior de produtos e dinheiro acaba fazendo com que os preços subam, resultando em uma inflação mais alta.

Olhando para essa movimentação, o Banco Central começa a perceber que precisa utilizar suas ferramentas de controle de inflação, tirando um pouco o dinheiro de circulação para fazer com que os preços voltem a cair. Para isso, ele aumenta a taxa de juros da economia.

Mas, nossa, como o aumento da taxa de juros diminui a inflação nesse exemplo?

Com a taxa de juros mais alta, as pessoas começam a ver que é mais vantajoso investirem seu dinheiro hoje para consumir no futuro, dado que o rendimento, agora, está maior. Com a taxa de referência da economia mais alta, todas as outras taxas também sobem, como a de investimentos (conforme citado há pouco), mas também as taxas do mercado de crédito. Então o apetite para consumir cai, diminuindo a demanda e fazendo com que os produtores tenham que baixar os preços para poder vender, controlando a inflação.

E o contrário também ocorre. Isso pode ser visto e presenciado na atual situação da economia brasileira. Após a crise iniciada em 2020, a economia apresenta sinais de recuperação, as pessoas e empresas começam a ficar mais confiantes com o futuro e a economia começa a girar. Com isso, setores que antes estavam fechados ou com movimento reduzido, começam a ver seus estoques diminuindo. Resultado? Inflação mais alta e ação do Banco Central para aumentar a taxa de juros com o objetivo de conter esse aumento da inflação.

Leu com calma e entendeu? Tem bastante informação, mas é muito importante para compreender como a economia impacta o seu dia a dia.

Gostou? Veja notícias similares