Sistemas 1 e 2: como eles influenciam o nosso jeito de tomar decisões?

Preparamos um infográfico para você entender como o funcionamento do nosso cérebro muda diante de situações mais ou menos complexas – e por que isso influencia a sua forma de lidar com o dinheiro.

Já parou para pensar em como a nossa mente funciona na hora de tomar uma decisão?

Em seu livro “Rápido e Devagar: duas formas de pensar”, Daniel Kahneman, ganhador do Nobel de Economia, propõe que nossa mente tem dois modelos diferentes de raciocínio – e explica como isso influencia as nossas escolhas no dia a dia.

Kahneman chamou esses modelos de Sistema 1 e Sistema 2:

O Sistema 1 é automático, rápido e inconsciente. Nele, o conhecimento é armazenado na memória e o utilizamos para atividades comuns, como fazer contas simples ou dirigir por um caminho rotineiro.

O Sistema 2 é acionado diante de situações que exigem mais cuidado e atenção. Quando vamos resolver uma equação matemática ou realizar uma atividade cerebral mais complexa, é ele que entra em cena. Consequentemente, quando o Sistema 2 é acionado, nós ficamos mais concentrados e atentos para examinar com cuidado a situação e alternativas disponíveis.

Mas, afinal, como tudo isso influencia suas decisões financeiras e o seu jeito de investir? Preparamos um infográfico para você entender melhor essas questões. Confira, a seguir:

Gostou? Veja notícias similares