Série Entendendo os Dados Econômicos: O PIB - Siglas, nomes difíceis e mais siglas...

Se você é daqueles com muita vontade de conhecer e entender melhor aquele tanto de siglas e nomes de indicadores econômicos, veio ao lugar certo!

Na nossa série ‘’Entendendo os Dados Econômicos’’, vamos te ajudar e imergir nesse mundo que parece, mas não é um bicho de sete cabeças.

Serão vários textos diferentes, venha com a gente! Hoje vamos falar do PIB, o tal Produto Interno Bruto.

PIB nada mais é que o indicador da soma de todos os bens e serviços produzidos no Brasil e serve para acompanharmos a performance da economia.

Espera, o que isso quer dizer?

Isso significa que quanto maior o PIB, maior a renda de um determinado local. Quando a economia está em crescimento, os estoques estão crescendo e a oferta de trabalho aumentando.

Quem divulga o PIB é o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, e ele pode ser medido pela demanda e oferta de bens e serviços.

Pelo lado da demanda, os dados são divididos em: consumo das famílias, consumo do governo, investimentos (ou formação bruta de capital fixo), exportações e importações (com valor negativo). Já do lado da oferta, são divididos em agricultura, indústria e serviços.

Quer dizer que o crescimento está diretamente relacionado à geração de empregos, além do aumento do número de empresas e de investimentos?

Exatamente! E, também, o PIB impacta na nossa confiança com o futuro, além de perspectiva de aumento de renda e de qualidade de vida.

Gostou? Veja notícias similares